domingo, 5 de Abril de 2009

Enxertos de arvores de fruta para aprendizes


Caros amigos, hoje quero partilhar com voçês a minha experiência com enxertia de pequenas arvores de fruto. Usei uma ameixoera brava como "cavalo" para o meu enxerto. Como fiz? Apenas com a observação fiz o enxerto em quatro passos:

1: Escolher cuidadosamente o "cavalo" para o enxerto. Saudável, sem aspecto de qualquer doença ou praga. Proceda ao corte a cerca de um metro do solo (ver foto).

2: Escolha 2 ou 3 ramos com perimetro de 4 a 5 centimetros, e execute um corte de cada ramo com uma tesoura de poda. Elimine pequenos ladrões que possam interferir com o de enxerto. Com uma navalha de poda execute um corte preciso em cada dos ramos préviamente preparados (ver foto).

3: Prepare o enxerto cuidadosamente. Temos duas hipoteses enxerto simples ou duplo por galho. A preparação do enxerto será diferente numa situação ou noutra. No primeiro caso afie o enxerto de forma a que ambos os lados do enxerto fique com uma superficie coberta por casca do enxerto. Deve assegurar que tudo fique sem cortes adicionais, fendas desnecessárias ou recortes (ver foto).

4: Insira o enxerto no porta enxertos, de forma a que a superficie lateral do enxerto fique perfeitamente alinhada com o porta enxertos, prepare a cama para o enxerto, com uma pequena folha de plástico resistente a UV's e encha com terra fina ou argilosa de forma que não fique ar (este ponto é importante). Ate bem com uma pequena corda. Regue o enxerto.

Bom primeiro enxerto.

1 comentário:

  1. Estou de certo modo familiarizado com enxertias, porém, existe um elemento que me está a falhar:
    - Não conheço a cola e fita correctas a usar para uma enxertia bem feita.
    Saudações,
    Diamantino Costa
    18/05/2010

    ResponderEliminar